segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Trabalho Infantil


Trabalho infantil
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O trabalho infantil é toda forma de trabalho exercido por crianças e adolescentes, abaixo da idade mínima legal permitida para o trabalho, conforme a legislação de cada país.

O trabalho infantil, em geral, é proibido por lei. Especificamente, as formas mais nocivas ou cruéis de trabalho infantil não apenas são proibidas, mas também constituem crime.

A exploração do trabalho infantil é comum em países subdesenvolvidos. Um exemplo de um destes países é o Brasil, em que nas regiões mais pobres este trabalho é bastante comum. A maioria das vezes ocorre devido à necessidade de ajudar financeiramente a família. Muitas destas famílias são geralmente de pessoas pobres que possuem muitos filhos.

Apesar de existir legislações que proíbam oficialmente este tipo de trabalho, é comum nas grandes cidades brasileiras a presença de menores em cruzamentos de vias de grande tráfego, vendendo bens de pequeno valor monetário.

Apesar dos pais serem oficialmente responsáveis pelos filhos, não é hábito dos juízes puni-los. A ação da justiça aplica-se mais a quem contrata menores, mesmo assim as penas não chegam a ser aplicadas.
______________________________
Eu me rebelo contra os exploradores de crianças. Criança tem que brincar, estudar e se divertir. Trabalho é coisa para adulto. Denuncie!

2 comentários:

DEATH ANGEL disse...

anjo amado
obrigado por suas visitas e pelos comentarios no meu blog
pode deixar que te visito sempre
beijos
giza

Janine Bettencourt disse...

Oi meu Anjo.
Quem explora estas crianças não é pior que quem por elas passa e alimenta esta situação.
Quando vejo uma criança que pede dinheiro ou vende alguma coisa na rua lembro-me que existe um adulto por trás disso mas também me lembro que há aqueles que vêem esta situação e nada fazem.
A protecção de menores existe e deve ser chamada a resolver estas situações. Precisamos todos de nos unir para melhorar a vida destas crianças.
Hoje saio daqui revoltada!
Beijo em ti e obrigada por este esforço em consciencializar o Mundo.